30 Novembro, 2017 19:23

SeadPrev encerra Atualização Cadastral

A Secretaria de Administração e Previdência (SeadPrev)) divulgou hoje (30) que mais de 96% dos servidores estaduais realizaram a atualização cadastral obrigatória realizada a cada dois anos pelo Governo do Estado. Mesmo com todos os prazos dados de junho a novembro, 3.743 pessoas não atualizaram os dados e terão os contracheques de dezembro bloqueados automaticamente.

De acordo com o secretário da SeadPrev,, Franzé Silva, 1.043 ativos, 1.338 inativos e 1.362 pensionistas deixaram de prestar as informações exigidas pelo Governo do Estado. Estes servidores serão notificados a partir de segunda (4) para justificar a ausência. “Eles terão que comparecer presencialmente à SeadPrev para regularizar a situação levando toda a documentação necessária”, esclarece.

Mesmo não existindo mais tempo hábil para entrar na folha de pagamento de dezembro, o servidor pode se antecipar a notificação e procurar a Secretaria a partir da próxima semana. “O salário será destravado e o pagamento será feito no mês subsequente ao desbloqueio de forma retroativa”, explica. “Quem se antecipar pode entrar na folha de janeiro que é paga em fevereiro. Vão receber dezembro e janeiro juntos”, informou Franzé.

O servidor que ignorar a notificação vai responder a um processo administrativo instaurado pela Procuradoria Geral do Estado (PGE). “Quem não comparecer no prazo de 90 dias para prestar os esclarecimentos legais poderá ser até demitido por abandono de emprego”, afirma o secretário.

A Atualização Cadastral começou no dia 22 de junho e foi encerrada no dia 21 de outubro. Nesta fase, os servidores podiam fazer o procedimento on-line de casa ou através do aplicativo Piauí na Palma da Mão. Depois foi dado um novo prazo para os remanescentes de 22 de outubro a 6 de novembro.

E, por fim, diante da quantidade expressiva de servidores faltosos, foi aberto um último prazo, com atendimento por ordem alfabética, até o último dia 29. Para o secretário Franzé Silva, a Secretaria de Administração criou todas as oportunidades para que os servidores fizessem a atualização sem atropelos

“Foram cinco meses de prazo e com ampla divulgação na imprensa, informando sobre a obrigatoriedade da atualização cadastral”, finaliza Franzé.